Engajamento: o que é e como fazer

por | fev 7, 2020 | Marketing

Engajamento: você já deve já ter ouvido falar sobre esse tema. Mas você sabe o que é? Engajamento remete a uma ação voluntária de participação em determinada atividade. Ou seja, ele se materializa quando uma pessoa se envolve com algo por vontade própria.

 

O termo ganhou força de maneira proporcional ao avanço das redes sociais. Nelas, o engajamento é definido como uma estratégia para se aproximar da audiência e interagir com ela. É uma métrica de relacionamento com o cliente e a marca que vai além do número de seguidores em uma rede social ou likes em uma postagem.

 

Sabe aquela brincadeira de “está quente, está frio”? Ele funciona de maneira parecida. O engajamento funciona como um termômetro de relacionamento com seu público. Quanto maior seu engajamento, mais quente está seu conteúdo.

 

E com mais e mais usuários ativos a cada dia nas redes sociais, consumindo novidades a todo momento e interagindo em tempo real, você precisa encontrar uma maneira de se conectar com eles.

 

Nesse contexto, o conteúdo oferecido e o engajamento proporcionado são medidas cruciais nas redes sociais. São a porta de entrada para o mundo dos seus clientes virtuais.

 

Ou seja, seu público deve saber quem você é e o que você representa para se conectar melhor com você.

 

Engajamento, um medidor de sentimento:

Mas o engajamento real não se mede apenas com um único dado, como o envolvimento com sua página. Uma das definições mais aceitas do conceito de engajamento real pertence a Brian Haven, da Consultoria americana Forrester Research. Ele define que:

 

“Engajamento é um medidor do sentimento do público, considerando quatro fatores – envolvimento, interação, intimidade e influência que este público tem com uma marca ao longo de um determinado tempo.”

 

A boa relação entre esses fatores indicaria um bom engajamento. Para um alto engajamento sua empresa deve maximizar, de forma natural, todos os quarto.

 

E o que seriam esses 4 fatores grifados em sua citação?

 

  • Envolvimento: Consiste em quanto o público da sua marca realmente se envolve com ela. É a métrica mais fácil de ser medida. Geralmente ver a quantidade de visitas no site, o tempo médio por página, o número de curtidas, de reações, etc.; são aqueles dados bonitinhos que você encontra na aba de “informações” do seu Instagram, por exemplo;
  • Interação: Se dá quando há uma interação direta do público com a marca. Como um medidor do sentimento comentários, mensagens inbox, ligações, e-mails, etc.; As interações mostram a procura pela sua marca. 
  • Intimidade: É o indicador que busca a informação do quanto de afeto o público tem por sua marca. Geralmente é mensurado através de um depoimento ou comentário opinativo, como nos comentários do seu perfil no Google. Pode ser medido também com pesquisas de opinião. No geral esse é o fator mais subjetivo, mas um dos mais importantes para determinar o status da sua marca.
  • Influência: É o famoso “eu indico”. Mensura o quanto sua empresa consegue influenciar o ato de compra dos seus espectadores nas redes, mas, além disso, o quanto o público tem capacidade de influenciar terceiros a terem alguma experiência com a marca.

Determinar o engajamento do seu público não é a tarefa mais fácil. Mas é algo fundamental para mensurar o nível de penetração que sua marca tem. Seja em seguidores, clientes, potenciais clientes, fornecedores, empregados etc.

 

Compra de seguidores e likes: porque não fazer?

Você já deve ter visto alguma vez algum desses anúncios do tipo “Adquira 1000 seguidores” ou correntes de “Me siga que sigo de volta”, ou até aplicativos e sites que prometem “Seguidores reais na hora”. Se você preza pela boa manutenção da imagem digital do seu negócio, e pela eficiência de suas estratégias, fuja destes procedimentos!

 

Uma marca que se dispõe a ter presença digital precisa entender que tais procedimentos são prejudiciais. Compra de curtidas, compra de seguidores, ações “me siga que eu te sigo” não trarão o resultado esperado de toda marca, podendo até atrapalhar as estratégias digitais.

 

Com ações como essa, você faz o contrário de um bom Marketing de Relacionamento Sabe porque?

 

  • Baixa qualidade potencial de compra desses seguidores;
  • Baixa conversão de seguidores comprados em clientes;
  • Corrompimento das métricas de engajamento;
  • Baixa confiabilidade no seu perfil perante seguidores reais;
  • Baixa conversão de seguidores em fãs;

 

É fácil fazer um usuário clicar em curtir, o difícil é fazê-lo confiar na marca e comprar sempre os seus produtos.

 

Em outras palavras, trabalhar o engajamento de uma base menor, composta de seguidores reais e de qualidade, trará mais resultados. Ao invés de um bom trabalho de engajamento, de ter um grande número de “fake fans” que vai poluir de vez a seu canal nas redes.

 

Entenda: ter uma página corporativa em algumas das redes sociais não é entrar em uma competição com seu concorrente. Sua preocupação deve ir além dos números de curtidas, compartilhamentos e reações. Você deve mensurar o que chamamos acima de engajamento real.

 

Como fazer um bom engajamento?

De fato, com consumidores cada vez mais informados e exigentes, seu produto ou serviço, sozinhos, podem não ter forças suficientes para garantir a venda. Sua marca precisa ser reconhecida, aceita e procurada. Ela necessita de boa reputação, de credibilidade e de autoridade no meio digital.

 

Confira abaixo algumas 4 dicas de como atingir um bom engajamento:

 

Conheça seu público

Para atingir o seu público-alvo, você precisa primeiro conhecê-lo. Tendo em mente qual o perfil das pessoas que consomem o seu produto, você terá melhor êxito ao traçar a estratégia correta que realmente despertará o interesse dessas pessoas para a sua marca. Cada tipo de produto e serviço tem o seu público específico. É importante estar atento ao que o seu cliente espera de você..

 

Poste conteúdo de qualidade

A qualidade do conteúdo deve condizer com a sua empresa. Internautas estão suscetíveis a distrações, portanto o conteúdo deve prender a atenção do visitante para que ele sinta que está “em casa” ao navegar pela sua página. Evite erros gramaticais e invista em conteúdos criativos e que permitam a interação do leitor. Invista em conteúdos do interesse dos seus clientes.

 

Poste em várias redes sociais conteúdos integrados

Se você está em busca de como aumentar o engajamento nas redes sociais, já deve saber que dispor somente de um site não é o suficiente. As redes sociais podem (e devem) ser usadas a seu favor, pois seu público alvo pode estar espalhado por toda parte. Combinar todas essas ferramentas e postar um conteúdo integrado entre elas garante o alcance de um público maior. Mas não esqueça de nortear todos eles ao seu canal principal.

 

Monitore e mensure resultados

Mas não só de estratégias se faz o marketing digital: é necessário manter um acompanhamento constante para apurar os resultados da sua interação na internet. Observar os comentários é um meio de sentir como está sendo sua aprovação. Monitorar os horários em que o seu público está online pode ajudá-lo a oferecer conteúdo na hora certa que seu cliente quer consumi-los.

 

Outra forma de mensurar dados envolve o aspecto Intimidade falado mais acima. É a análise das suas conversas. Para realizar um bom monitoramento, uma solução poderia ser a contratação de alguma plataforma de gerenciamento de atendimento digital. Através dela, você poderia mensurar vários dados das suas conversas e até o que o seu público mais se interessa em falar.