O que é Agile Marketing e como aplicar com seu time

por | jan 29, 2020 | Sem categoria

Que o marketing é uma peça-chave para o sucesso de um negócio, você já deve saber. Mas fazer marketing também não é tão fácil como parece, não é mesmo?

 

No papel, basta pensar em fazer marketing de conteúdo, SEO, mídias sociais e mais uma infinidade de outras táticas. O problema é ter que fazer tudo isso ao mesmo tempo, com uma equipe enxuta, sem se perder ou deixar a qualidade do trabalho diminuir, controlando o orçamento e considerando o efeito em outros setores da empresa.

 

E o pior, como lidar com as constantes mudanças e necessidades de última hora que podem vir a aparecer? Pense, por exemplo, nas mudanças de algoritmo do Google ou do Facebook, nos novos recursos que as redes sociais lançam para negócios. Tudo isso pode mudar seu plano não é mesmo.

 

É aí que surge o agile marketing!

 

O que é agile marketing

Ele surgiu originalmente na programação de jogos, que depois foi adotado pelos programadores em geral e, em determinado momento, pelo marketing. O agile marketing consiste em pegar um problema e dividi-lo em tarefas menores, que devem ser realizadas em ciclos. Ao fim de cada ciclo, uma parte funcional do projeto é entregue.

 

Ou seja, é uma forma de criar um planejamento com a flexibilidade necessária para lidar com mudanças de última hora.

 

De forma mais teórica:

Para esse método, os indivíduos e as interações são muito mais importantes do que processos e ferramentas; Ou seja, estratégias que funcionam são muito mais relevantes do que uma documentação abrangente.

 

Existem vários sistemas já conhecidos, como o Scrum, o Kanban e a S.M.A.R.T, mas também é possível adotar os princípios que guiam a metodologia e criar uma forma própria de trabalho.

 

No geral, são 12 princípios que guiam o bom funcionamento do manifesto ágil, adaptados para a realidade de uma equipe de marketing focada em grandes resultados:

 

12 Princípios do Agile Marketing:

  • 1. A prioridade é satisfazer o cliente final.

A satisfação do cliente não pode ser deixada para o fim. Pelo contrário, quanto mais entregar valor, mais fácil isso se torna.

 

  • 2. Mudanças de requisitos fazem parte do jogo

As demandas de uma estratégia de marketing mudam dependendo de vários fatores, como desempenho abaixo do esperado ou novas oportunidades de mercado. É importante se adaptar à nova realidade sempre.

 

  • 3. É preciso entregar valor com frequência

A melhor forma de entregar valor é por meio de conteúdo relevante, que guia a pessoa até a decisão de compra. Como já falamos nesse outro blog, você deve fazer de tudo para melhorar seu relacionamento com o cliente. 

 

  • 4. Unir competências é essencial

A colaboração interna é fundamental para criar os melhores projetos e conseguir resultados realmente eficientes. Experimente integrar mais o Marketing com o Comercial por exemplo.

 

  • 5. Equipes motivadas rendem mais

A motivação da equipe tem total impacto na qualidade e na produtividade do trabalho realizado. Consequentemente, também interfere diretamente nos resultados alcançados.

 

  • 6. A comunicação deve ser clara e aberta

De nada adianta integrar setores e juntar competências se a comunicação não for clara e aberta o tempo todo. Estimule um ambiente aberto e de livre comunicação.

 

  • 7. Estratégias funcionais superam planos detalhados

Estratégia funcional é aquela que pode ser colocada em prática e dar resultados com iterações ao longo do caminho e que não depende de ter todos os detalhes definidos para só então começar a execução. Essa é a melhor forma de medir o sucesso: quando se observam os dados reais, e não apenas situações de testes.

 

  • 8. Processos ágeis são sustentáveis

Processos lentos impedem a produtividade e dificultam muito a manutenção de um bom desempenho a longo prazo. Por outro lado, quando os processos são simples e ágeis, todos conseguem manter o nível e o ritmo do trabalho.

 

  • 9. Atenção a excelência técnica aumenta a agilidade

Fazer bem-feito não dá mais trabalho e leva mais tempo? A princípio pode parecer que sim, mas, quando se presta atenção aos detalhes e todos prezam pela excelência, pouco trabalho precisa ser refeito. Isso permite que o processo seja contínuo.

 

  • 10. Simplicidade reduz desperdícios

Quanto mais simples os processos e as ações, as conversas e as táticas aplicadas, menor o índice de desperdícios, seja de tempo, dinheiro ou energia.

O manifesto até cita essa qualidade como uma arte. E com bons motivos: tudo que puder ser simplificado representa trabalho que, no fim das contas, não precisava ser feito.

  • 11. Times auto-organizáveis projetam melhores experiências

A capacidade de um time se organizar por conta própria, definindo e seguindo prioridades, avaliando possibilidades e colaborando para transformá-las em realidade, é determinante no tipo de trabalho entregue.

 

  • 12. Nada melhora sem avaliação de desempenho

Por fim, tudo que for feito precisa passar por uma avaliação constante. Sem isso, as equipes nunca vão atuar de acordo com seu verdadeiro potencial, e as estratégias podem até dar errado.

 

O agile marketing é, sem dúvida, uma força poderosa para ajudar equipes de marketing modernas. Afinal, as demandas só aumentam e nem sempre a melhor saída é contratar mais pessoas.

 

Seguindo os princípios do agile, a sua empresa pode ter resultados nunca vistos. E o melhor: em tempo recorde.