Quanto mais enriquecida a experiência do usuário e o atendimento ao cliente, mais a dopamina é liberada em nosso cérebro e mais profunda é a interatividade associada a ela. O fator de bem-estar ou a experiência do usuário de qualquer produto, plataforma ou serviço é a chave essencial para entregar uma imagem prolongada e definitiva da marca na mente do cliente. Mas como criar uma experiência que consiga envolver e impactar os usuários?

 

1 – Adicione Inteligência Artificial (IA) ao seu atendimento.

 

A Inteligência Artificial está sendo amplamente usada para melhorar o relacionamento com o cliente. A tecnologia resolve problemas mais rapidamente e antecipa futuras compras. O conceito de Computação Cognitiva tem revolucionado o atendimento, já que é capaz de compreender a linguagem humana, inclusive gírias, coloquialismos e regionalismos.

 

A IA permite mudar a forma com que os operadores de atendimento trabalham, já que podem ter acesso a análises e sugestões de acordo com as necessidades do cliente, e em tempo real, por intermédio de chatbots o que permite “adivinhar” quais as necessidades do cliente, por exemplo, oferecendo um produto ou serviço de acordo com o teor da interação. Ao analisar sua jornada, a IA permite sua expansão. Ao conhecer cada vez mais o consumidor, as empresas conseguem entregar comodidades que ele sequer “sabia que precisava”. Por exemplo, ao reservar um quarto de hotel e ganhar um voucher para um restaurante próximo.

 

Se a satisfação e engajamento do cliente são preceitos básicos da área de atendimento, é preciso oferecer-lhes produtos e serviços que venham de encontro às suas necessidades, e a IA pode ser a melhor alternativa para personalizar esse atendimento.

 

2 – Melhore a experiência do cliente

 

Como o atendimento virtual permite o contato com a empresa a qualquer hora, de qualquer lugar, problemas e dúvidas simples podem ser resolvidas rapidamente, sem que um agente humano precise ser acionado. Em casos mais complexos, a IA entende rapidamente e transfere a interação para o agente ou, caso o contato seja feito fora o do horário de expediente, comunica ao cliente que a empresa vai entrar em contato.

 

3 – Aprenda com seu cliente

 

Com o machine learning, cada interação permite aos chatbots aprenderem com os clientes. Quanto mais interação, mais informações são processadas automaticamente, melhorando as respostas para solicitações similares. Assim, até mesmo problemas complexos podem, no futuro, serem resolvidos por um robô ou fornecerem informações importantes para o atendente mais preparado para a tarefa.

 

O que mais a IA pode fazer no atendimento ao cliente:

 

  • Reunir e qualificar os leads que chegam ao seu website respondendo às perguntas deles e direcionando-os ao longo do funil de vendas.
  • Coletar dados úteis sobre seus clientes em suas conversas que podem ser usados para alterar e melhorar suas estratégias de vendas e serviços.
  • Manter os clientes engajados, fornecendo-lhes muitas maneiras confiáveis de contatar sua marca e responder a quaisquer perguntas que possam ter sobre produtos ou serviços.
  • Libertar seus funcionários para concluir tarefas mais importantes, assumindo a automatização de trabalho repetitivos e monótonos.

 

Por fim…

 

No final, é tudo sobre o quão bem você conhece seus usuários e o problema que você está resolvendo para eles. Assim fica fácil visualizar e implementar a inteligência Artificial em seu atendimento, pois está claro o que ela vai fazer e quais problemas sanar ou minimizar para melhorar seu atendimento e a experiência do usuário.

Falar com expert